Bem Vindo, visitante! [ Cadastre-se | EntrarRSS Feed

Facebook Twitter Google+ email email

Justiça Eleitoral realiza plantão especial no fim de semana em Cacoal


magda_3_1
Esta postagem foi publicada em 20 de maio de 2017 Destaques, Destaques Principal, Notícias de Cacoal, Política.

Preocupados com a baixa adesão e faltando menos de duas semanas para o fim do prazo do cadastramento biométrico, o Tribunal Regional Eleitoral de Rondônia (TRE-RO) realiza neste sábado (20) um plantão especial de biometria em Cacoal (RO), a 480 quilômetros de Porto Velho. O prazo para a regularização termina no dia 31 de maio e não deve ser prorrogado. Eleitores que moram na Zona Rural terão ônibus disponibilizados pela prefeitura.

O atendimento terá inicio às 8h e segue até às 17h. De acordo com o assessor de comunicação do TRE, Fábio Zanco Ferraz, apenas 50% dos eleitores realizaram o procedimento no município. “Nesta etapa final, somente 52,99%, ou seja, 32.687 dos eleitores foram revisados, faltando 28.997 eleitores tanto da zona urbana quanto da zona rural. Uma grande estrutura foi montada para receber em média 1 mil eleitores por dia”, afirma.magda_3_1

Para que a população de Cacoal possa receber o atendimento, especificamente os eleitores das linhas rurais, o Tribunal Regional Eleitoral de Rondônia, em parceria com a Prefeitura de Cacoal, disponibilizará ônibus saindo das linhas 9 a 14 e 21. O transporte será dividido em dois horários: a primeira rota sairá às 7h e a segunda às 13h.

É necessário apresentar o título de eleitor original, comprovante de residência e um documento oficial com foto. O atendimento ao público acontece nas instalações da Convenção Estadual dos Ministros das Assembleias de Deus (Cemaderon) e vai até o dia 31 de maio.

Fábio ainda alerta que quem não fizer a revisão biométrica terá o título cancelado, o que implicará em uma série de impedimentos. “O eleitor não poderá tomar posse em cargos públicos, obter passaporte e CPF ou adquirir documentos que exijam certidão de quitação eleitoral. Além disso, o cidadão terá que pagar multa à Justiça Eleitoral. Portanto é importante que os eleitores não percam o prazo”, finaliza.

Fonte:G1


43 Visualizações

Nenhuma banner para exibir



-